COMUINIDADE VIVAS

TUDO SOBRE A COMUNIDADE VIVAS

Esse projeto visa a melhoria da qualidade de vida e autonomia das famílias do campo, através da implantação de tecnologias sociais (biodigestor e bioágua), promovendo a geração de renda, segurança alimentar, preservação ambiental e dignidade das famílias. São também realizadas capacitações (Convivência com semiárido, agroecologia, gênero e geração, educação ambiental) e espaços de comercialização através das feirinhas agroecológicas. Todas as famílias são acompanhadas nos âmbitos: social (Assistente Social), produtivo e ambiental. O Comunidades Vivas promove a garantia dos direitos dos seus beneficiários e o conhecimento sobre as tecnologias sociais, para que as famílias consigam manter as tecnologias funcionando. 

COMO FUNCIONA O BIODIGESTOR?

O biodigestor utiliza esterco dos animais da propriedade rural para produção de biogás em substituição ao gás de cozinha. Sua vantagem é utilizar o gás metano presente nas fezes dos animais para produção de biogás que será utilizado na cozinha da casa, economizando na compra de gás butano. Além disso, ele é um gás sustentável, pois aproveita o esterco produzido na própria fazenda para produção de biogás e fertilizante natural, além de diminuir o consumo de gás butano, que é derivado de petróleo. 

Como isso ajuda o planeta: O metano é um dos gases que mais contribuem com o efeito estufa. Ao queimá-lo, contribuímos com a diminuição dos gases Geradores do Efeito Estufa (GEE). Além disso, diminuímos o consumo de combustíveis fósseis (gás butano), utilizando uma fonte de energia renovável. 

Como isso ajuda as famílias: a utilização do biogás é um recurso para a família gastar menos com o consumo de gás de cozinha, além de produzir fertilizante que pode ser utilizado em sua plantação ou comercializado. A disponibilidade de biogás também permite a família cozinhar para venda de produtos culinários. Outras possiblidades estão nascendo, à medida que pesquisamos mais sobre o biogás, e o Instituto Brotar, em parceria com os próprios beneficiários, está tentando desenvolver novas formas de utilizar o biogás (como envazar para comercializar, utilizar como combustível, dentre outras possibilidades). 

IMG_9896.JPG

COMO FUNCIONA A BIOÁGUA?

A tecnologia social Bioágua tem por objetivo a produção de alimentos agroecológicos através do reuso de águas cinzas. A água utilizada pela família (na lavagem de pratos, roupas, etc.) passa pelo processo de filtragem, é bombeada para caixa d'água e desce por gravidade para irrigação de hortaliças, frutas e plantas medicinais. O Bioágua também produz húmus e minhoca californiana que podem ser utilizados no quintal produtivo e comercializados.

 

Como isso ajuda o planeta: a água que seria desperdiçada é limpa e reutilizada para produção de plantas, diminuindo o desperdício e aumentando a produção de oxigênio, além de gerar alimento de forma orgânica e respeitando a natureza, sem agrotóxicos. 

Como isso ajuda as famílias: a água que essa família consome é utilizada para irrigar sua plantação, mantendo seu quintal produtivo de forma sustentável e dando oportunidade para essa família de gerar alimento e renda, por meio da venda de alimentos e do humus e minhocas.

 

Além disso, muitas vezes essas famílias do interior do Ceará não têm acesso a saneamento básico, e essa água muitas vezes empoçava em seus terrenos, expondo a família a doenças. Com a instalação da tecnologia, a água é encanada e direcionada para o quintal produtivo, trazendo saneamento básico e dignidade para as pessoas do campo, promovendo saúde e bem-estar. Os beneficiários também passam a ajudar famílias vizinhas, demonstrando o funcionamento das tecnologias, ensinando o uso e a convivência sustentável com o semiárido, promovendo o vínculo comunitário. 

O projeto dispõe de equipe que acompanha as famílias com enfoque na garantia de direitos:

  + 200 beneficiários 

  • Apoio da Fundação Interamericana – IAF 

  • SDA-Agropolos e IVC 

Visita Suinocultores-67 (1)
IMG_9896
IMG-20210617-WA0041
IMG-20210617-WA0033